Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Mau odor vaginal, por que ele aparece durante a menopausa? 

4 Setembro 2023

Todas as vaginas produzem cheiros naturalmente e isso geralmente depende do estilo de vida, das atividades e da saúde em geral. Entretanto, o mau odor vaginal também pode ser causado por alterações hormonais e outras doenças que precisam ser prevenidas e tratadas precocemente (1)

Se você quiser saber as possíveis causas de uma mudança no cheiro de sua vagina, especialmente se ele for forte e desconhecido, ou se você suspeitar de infecções vaginais, continue lendo esse artigo e saiba mais sobre isso, pois aqui nós explicamos. 

Causas do mau odor vaginal 

As causas mais comuns são (1, 2, 3)

  • Vaginose bacteriana. Pode ser causada por um desequilíbrio da flora vaginal
  • Tricomoníase vaginal. Trata-se de uma infecção sexualmente transmissível causada por um parasita. 
  • Fístula retovaginal. É uma condição incomum em que o reto e a vagina se comunicam por meio de um canal. 
  • Câncer vaginal ou do colo do útero. 
  • Alterações no pH vaginal 
  • Higiene íntima insuficiente 
  • Menstruação 
  • Alterações hormonais, como as que ocorrem durante a menopausa e a gravidez. 
  • Relações sexuais. 

Alterações hormonais durante a menopausa 

Durante a perimenopausa, a vagina tem um pH ácido; no entanto, ele se torna alcalino quando você entra na menopausa, portanto, você pode sentir mau odor vaginal. Isso se deve, principalmente, à diminuição do estrogênio, que a torna suscetível a vaginite e infecções do trato urinário (4)

Odores considerados normais  

Entre as particularidades de cada mulher, podemos encontrar odores que são considerados normais, pois estão presentes em vaginas saudáveis. Entre eles, podemos citar (5)

  • Fermentado. Um cheiro vaginal ácido ou azedo, semelhante ao de alimentos fermentados, como iogurte ou cerveja. Os principais motivos são o pH de uma vagina saudável em uma pessoa em idade reprodutiva. 
  • Metálico ou acobreado. Semelhante ao de moedas. Comum durante a menstruação e geralmente não é motivo de preocupação. Ocasionalmente, pode aparecer após a relação sexual, especialmente durante a menopausa, quando há secura vaginal. 

Mau odor vaginal 

Vaginal-odour

Vamos ver agora o que interpretamos como mau odor vaginal. Esses odores, além de serem fortes e desagradáveis, estão associados a infecções e processos anormais. Os mais comuns que podemos encontrar são (1,5)

  • Doce como melaço: robusto e terroso, geralmente causado por bactérias, embora isso nem sempre signifique que elas sejam ruins. 
  • Químico, como alvejante ou amônia: às vezes, pode ser causado por urina na roupa íntima ou vaginose bacteriana; nesse caso, pode ser acompanhado por um odor de peixe, com corrimento cinza ou branco, coceira vaginal, ardor ao urinar e dor pélvica
  • Ervas ou maconha: provavelmente secundário às secreções das glândulas sudoríparas da virilha, que são semelhantes às das axilas e podem causar esse odor. 
  • Peixe: especificamente peixes que estejam se decompondo. A vaginose bacteriana e a tricomoníase são as mais comuns. Especialmente a última tem um odor muito forte e aumenta após a relação sexual. Ambas são acompanhadas de ardor ao urinar, corrimento branco, cinza, esverdeado ou espumoso, dor, coceira ou queimação na vagina e coceira na vulva. 
  • Podre, como material em decomposição: os motivos mais comuns são objetos dentro da vagina, como tampões ou gaze esquecida. 
  • Fermentado: também pode ser anormal se for acompanhada de corrimento branco ou cinza irregular, coceira e inchaço na vulva. Geralmente é causada por infecção por fungos
  • Metálico: quando persiste por muito tempo após o sangramento menstrual.  

Quando consultar um médico devido ao mau odor vaginal

A primeira coisa que você deve saber é que, se o odor produzido pela sua vagina lhe causar desconforto ou desagrado, o ideal é consultar o seu médico. Não é recomendado o uso de perfumes, xampus ou duchas vaginais, pois eles podem piorar o problema. 

Aqui estão alguns sinais e sintomas que podem indicar a necessidade de consultar um profissional (2)

  • Corrimento vaginal com odor desagradável. 
  • Febre. 
  • Coceira, ardência, vermelhidão, erupção cutânea ou inchaço ao redor da vagina ou da vulva. 
  • Corrimento espesso, branco, verde ou amarelado de consistência incomum. 
  • Dor ao urinar. 
  • Desconforto durante a relação sexual. 
  • Sangramento diferente da menstruação. 

Esses tipos de manifestações geralmente precisam de um exame mais aprofundado, que normalmente inclui um check-up físico, ultrassom pélvico e citologia vaginal (2)

Lembre-se de que todas as vaginas produzem um odor característico e não há nenhuma vagina que não o produza. Entretanto, se o mau odor vaginal estiver se tornando um problema, não hesite em consultar um profissional. Lembre-se de que durante a menopausa você fica mais suscetível a infecções nessa área, portanto, não se esqueça de usar preservativos que ajudem na prevenção do HPV e outras doenças sexualmente transmissíveis. Lembre-se de que sua vagina é uma parte importante de você, portanto, não espere mais para cuidar dela!

Referências bibliográficas 

  1. Cleveland Clinic. Vaginal Odor: Types, Causes, Diagnosis & Treatment – [Internet]. 2022 [consultado em 1 de agosto de 2023]. Disponível em: https://my.clevelandclinic.org/health/symptoms/17905-vaginal-odor  
  1. Very Well Health. Is Vaginal Odor Normal? [Internet]. 2023 [consultado em 1 de agosto de 2023]. Disponível em: https://www.verywellhealth.com/vaginal-odor-6362565  
  1. NHS Choices. Bacterial vaginosis [Internet]. 2023 [consultado em 1 de agosto de 2023]. Disponível em: https://www.nhs.uk/conditions/bacterial-vaginosis/  
  1. WebMD Editorial Contributors. What to Know About Changing Vaginal Smell After 50 [Internet]. 2023 [consultado em 1 de agosto de 2023]. Disponível em: https://www.webmd.com/healthy-aging/vagina-smell-change-after-50  
  1. Wojcik G. Molasses to Pennies: All the Smells a Healthy Vagina Can Be [Internet]. Healthline Media; 2023 [consultado em 1 de agosto de 2023]. Disponível em: https://www.healthline.com/health/womens-health/vagina-smells  

Achou esse artigo útil?
Compartilhe com seus amigos:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *