Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Sintomas da menopausa e como lidar com eles

2 Maio 2022

Você tem entre 40 e 50 anos e tem começado a sofrer de problemas de sono? Talvez esteja se sentindo mais sensível ou tenha menos vontade de ter sexo? Bom, esses são sintomas da menopausa e da perimenopausa, portanto você já pode estar entrando em uma dessas etapas. Te convidamos a ler sobre todos os sintomas da menopausa e como é possível lidar com eles.

A importância de reconhecer os sintomas da menopausa

Você sabia que um estudo recente identificou os principais sintomas da menopausa? O estudo constatou que 60% das mulheres que participaram dele tinham afrontamentos e um terço delas sofria de problemas de sono (Fuentes, 2020). E, o mais importante, você sabia que a menopausa pode aumentar o risco de sofrer certos problemas de saúde? (Mayo Clinic, 2021).

Daí a importância de nos educarmos desde cedo e de conhecer em detalhes os sintomas da menopausa e da perimenopausa. Aprender sobre eles permitirá que você reconheça o início destas fases e comece a cuidar melhor de si mesma para evitar complicações.

As evidências também sugerem que a preparação antecipada da menopausa e perimenopausa ajuda a ter uma melhor qualidade de vida durante esses períodos. (Forouhari et al., 2010).

Além disso, ajuda a identificar sintomas anormais para que, no caso, você possa consultar seu médico imediatamente. Agora vamos dar uma olhada nos 7 sintomas mais comuns que você pode experimentar:

Interrupção dos ciclos menstruais

Durante a perimenopausa, há uma interrupção dos ciclos menstruais. Em geral, você pode ter ausência da menstruação ou ela pode ocorrer mais próxima do que costumava. Além disso, seu fluxo pode ser mais leve ou mais pesado do que o normal (AAFP, 2021).

Estas irregularidades são as primeiras manifestações das clássicas mudanças hormonais desta etapa. Os ovários começam a produzir cada vez menos hormônios sexuais (estrogênio e progesterona), o que causa alterações no ciclo menstrual (Torres & Torres, 2018).

No entanto, é preciso destacar que, uma vez estabelecida a menopausa, não há mais menstruação (Mayo Clinic, 2021).

Ondas de calor e fogachos

Este é um dos sintomas da menopausa e da perimenopausa mais comuns. Não é nada mais do que a sensação de calor excessivo geralmente experimentada no peito e na cabeça. É, normalmente, acompanhado de avermelhamento e transpiração. Algumas mulheres relatam também que esse sintoma pode ser acompanhado de dores de cabeça, palpitações, irritação no estômago, náuseas ou tonturas (AAFP, 2021).

Estes sintomas são causados pelo aumento do fluxo de sangue para a pele (Torres & Torres, 2018).

Alterações do sono

Nesta fase da vida, muitas vezes, as mulheres têm dificuldade para dormir. Em parte, elas podem ter um sono menos profundo ou acordar continuamente por causa de afrontamentos (AAFP, 2021).

É sabido que, durante este período, a concentração de serotonina diminui, o que é um elemento importante para um bom sono (Torres & Torres, 2018).

Problemas para ter relações sexuais

A sexualidade das mulheres perimenopausais e menopausais é alterada devido a transtornos de humor e mudanças mentais. Então, outro sintoma da menopausa é uma diminuição da libido. Algumas mulheres têm problemas para se sentirem excitadas e experimentam uma diminuição do desejo de ter relações sexuais com seu parceiro ou individualmente (Harvard Medical School, 2021).

Ressecamento vaginal

Outro sintoma da menopausa, a partir da perimenopausa, é a secura vaginal. Isto pode causar queimaduras, coceira ou uma sensação de desconforto na área. Também pode ser causa de dor durante as relações sexuais (AAFP, 2021; Torres & Torres, 2018).

Tudo isso acontece por uma diminuição na produção de estrogênio no corpo, o que provoca o emagrecimento das paredes vaginais, diminui o abastecimento de sangue na área e reduz a secreção das glândulas genitais. Além disso, é importante notar que a perda de colágeno relacionada à idade também contribui para o afinamento da mucosa vaginal e secura vaginal (Torres & Torres, 2018).

Problemas no sistema urinário

As mulheres na menopausa e na perimenopausa podem ter diferentes problemas urinários. Entre os mais comuns estão: incontinência ou perda de urina, urgência urinária e infecções do trato urinário. Isto se deve, principalmente, a mudanças na mucosa da uretra e da vagina por causa da diminuição do estrogênio (Torres & Torres, 2018).

Mudanças de humor

Outro problema que as mulheres podem experimentar são as transtornos de humor. A tristeza é mais comum, mas também podem aparecer sintomas de ansiedade (AAFP, 2021). Este é outro dos sintomas da menopausa e perimenopausa, causado por alterações nos níveis de serotonina (Torres & Torres, 2018).

Outros sintomas

Além dos 7 já mencionados, nestas etapas as mulheres podem experimentar (Hunter, 2001):

  • Suores noturnos.
  • Ganho de peso.
  • Distensão abdominal.
  • Cansaço.
  • Rigidez articular.
  • Dores de cabeça ou musculares.
  • Ansiedade.
  • Depressão.
  • Perda de memória.
  • Problemas na pele, tais como pele seca.
  • Tonturas.
  • Falta de ar.

Sintomas da menopausa e como lidar com eles

Sangramento pós-menopausa: um sinal de alerta

A menopausa representa o fim da menstruação. Para fazer o diagnóstico, uma mulher deve ter ficado 12 meses ou mais sem menstruação. Portanto, qualquer sangramento após 12 meses é anormal e deve ser minuciosamente investigado (Mayo Clinic, 2020)

Este tipo de sangramento pode ter múltiplas causas, algumas inofensivas e outras muito sérias, tais como:

  • Verrugas presentes no colo uterino.
  • Infecções da vagina ou do colo uterino.
  • Trauma na área genital.
  • Câncer do colo uterino.

Alívio dos sintomas da menopausa

Acredite ou não, um estilo de vida saudável e alguns remédios caseiros podem ser suficientes para aliviar os sintomas. Eles também ajudam a evitar maiores complicações adicionais para a saúde. Estes são (Mayo Clinic, 2021):

  • Fazer uma dieta equilibrada que inclua frutas e hortaliças, assim como pequenas quantidades de alimentos com gorduras saturadas e adição de açúcares.
  • Fazer exercício físico de intensidade moderada pelo menos por 30 minutos todos os dias.
  • Praticar exercícios de Kegel para prevenir o escape de urina e melhorar as relações sexuais.
  • Fazer atividades que permitam relaxar, como a ioga. Isto é para amenizar os distúrbios do sono e a ansiedade.
  • Evitar o álcool e o cigarro.
  • Os exames médicos são importantes, pois o doutor será capaz de detectar se a ingestão de vitaminas como D ou o cálcio for necessária.
  • Utilizar lubrificante vaginal para combater a secura.
  • Encontrar e eliminar o fator desencadeante para os desconfortos.
  • Suplementos à base de ervas como maca, ginseng e lúpulo podem ajudar seu corpo a se preparar para a menopausa e melhorar alguns dos sintomas e incômodos.

Tratamento médico

Quando os sintomas da menopausa são muito graves e interferem no bom funcionamento de seu dia a dia, você pode optar pelo uso de medicamentos. Estes são prescritos por seu médico (Mayo Clinic, 2021):

  • Terapia hormonal baseada em estrogênio para melhorar principalmente os incômodos.
  • Estrogênios vaginais para melhorar a secura genital.
  • Antidepressivos para tratar transtornos de humor e, em alguns casos, perturbações do sono.
  • Outros medicamentos específicos para o tratamento e prevenção da osteoporose.

Terapias alternativas

Além disso, existem algumas terapias alternativas que podem contribuir para o alívio dos sintomas, tais como fitoestrogênios ou hormônios bioidênticos. Ambos são estrogênios que derivam de plantas e alguns alimentos (tais como soja, legumes ou nozes) e podem ter um efeito semelhante à terapia hormonal tradicional.

Os sintomas da menopausa são muito diversos e incluem problemas físicos e mentais. Felizmente, a maioria deles podem ser solucionados com mudanças no estilo de vida. É por isso que estar ciente deles desde a perimenopausa faz a diferença, de modo que você pode se preparar com antecedência e melhorar sua qualidade de vida na menopausa.

Contudo, se você sente que eles estão perturbando seu dia a dia, não hesite em consultar um médico para obter uma medicação adequada. Além disso, se você detectar sangramento pós-menopausa, consulte seu médico imediatamente.

Referências

American Academy of Family Physicians. (2021, 19 de marzo). ¿Qué es la menopausia? Family Doctor. https://es.familydoctor.org/condicion/menopausia/?adfree=true

Forouhari, S., Khajehei, M., Moattari, M., Mohit, M., Rad, MS y Ghaem, H. (2010). El efecto de la educación y la conciencia sobre la calidad de vida en mujeres posmenopáusicas. Revista india de medicina comunitaria: publicación oficial de la Asociación India de Medicina Preventiva y Social , 35 (1), 109-114. Disponible en:  https://doi.org/10.4103/0970-0218.62563

Fuentes, F. (2020). En Latinoamérica, después de la menopausia las mujeres viven un tercio de sus vidas. Océano Medicina. https://magazine.oceanomedicina.com/actualidad/se-conmemora-el-dia-mundial-de-la-menopausia-y-el-climaterio

Harvard Medical School. (2021, 30 de septiembre). Yes, you can have better sex in midlife and in the years beyond. https://www.health.harvard.edu/womens-health/yes-you-can-have-better-sex-in-midlife-and-in-the-years-beyond

Hunter M. (2001, febrero). Cognitive appraisal of the menopause: The menopause representations questionnaire (MRQ) Psychology health and medicine 6(1):65-76 https://www.researchgate.net/publication/247510899_Cognitive_appraisal_of_the_menopause_The_menopause_representations_questionnaire_MRQ

Mayo Clinic. (2021, 29 de julio). Menopausia. https://www.mayoclinic.org/es-es/diseases-conditions/menopause/diagnosis-treatment/drc-20353401

Mayo Clinic. (2020, 16 de septiembre). Sangrado tras la menopausia: ¿es normal? https://www.mayoclinic.org/es-es/diseases-conditions/menopause/expert-answers/bleeding-after-menopause/faq-20058396

Torres, A. & Torres, R. (2018, abril). Climaterio y menopausia. Revista de la Facultad de Medicina (México)61(2), 51-58. http://www.scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0026-17422018000200051&lng=es&tlng=es

Achou esse artigo útil?
Compartilhe com seus amigos:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *