Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Tipos de anticoncepcionais: vantagens e desvantagens 

18 Setembro 2023

Descubra quais tipos de anticoncepcionais estão disponíveis para você. Exploramos as vantagens e desvantagens de cada um para que você possa escolher o que melhor satisfaz suas necessidades. Além disso, falamos sobre os ideais para usar na perimenopausa e desfrutar de sexo seguro. 

Quais são os tipos de anticoncepcionais e por que eles são importantes? 

Os anticoncepcionais são métodos e produtos destinados a evitar a gravidez. Eles podem variar em seu uso e eficácia, mas, em geral, funcionam impedindo que o óvulo da mulher seja fertilizado pelo esperma do homem (1,2). 

Diferentes tipos de anticoncepcionais são ferramentas valiosas no planejamento familiar e na saúde sexual. Eles permitem que as pessoas decidam se e quando ter filhos. Além disso, alguns deles, especificamente os anticoncepcionais de barreira, oferecem proteção contra infecções sexualmente transmissíveis (IST) (1,2). 

Entretanto, eles também podem ter certas desvantagens e riscos. Alguns produzem efeitos colaterais temporários, como dores de cabeça, náuseas e alterações de humor. Outros podem aumentar ligeiramente o risco de doenças cardíacas e dos vasos sanguíneos (1). Portanto, é essencial conversar com um profissional de saúde antes de começar a usar qualquer um deles. 

Vejamos alguns dos tipos de anticoncepcionais disponíveis atualmente (1,3). 

Métodos de barreira 

Eles bloqueiam fisicamente a passagem dos espermatozoides para o útero; isso inclui: 

  • O diafragma. 
  • A esponja contraceptiva. 
  • Preservativos masculinos e femininos. 

Eles são fáceis de usar e econômicos. Além de prevenir a gravidez, os preservativos protegem contra as IST. Nenhum dos preservativos interfere no orgasmo feminino ou masculino, e podem ser usados com géis de lubrificação vaginal à base de água (1,3,4,5,6). 

Entretanto, sua eficácia pode ser afetada pelo uso incorreto ou pela quebra do material. Eles devem ser usados em todas as relações sexuais. O diafragma e a esponja são inseridos na vagina antes da relação sexual e removidos várias horas após o sexo. Aqueles com espermicidas podem ser ligeiramente irritantes (1,3,4,5,6). 

Tipos de anticoncepcionais hormonais 

Eles contêm hormônios sintéticos que impedem a ovulação, engrossam o muco cervical e causam alterações no revestimento do útero, o que dificulta o acesso do esperma ao óvulo. Isso inclui produtos com 1 hormônio e produtos combinados que contêm 2 hormônios (7). 

Os anticoncepcionais somente com progestagênio incluem (7): 

  • Anticoncepcionais injetáveis. 
  • Implantes intradérmicos. 
  • Pílulas somente de progestagênio. 
  • Dispositivos intrauterinos hormonais. 

Eles têm uma duração de ação mais longa, por exemplo, as injeções são administradas a cada 1-3 meses e o implante a cada 3-5 anos. Eles permitem que os benefícios do sexo sejam desfrutados sem a necessidade de interromper a relação sexual para colocar um preservativo. Ajudam a reduzir o sangramento menstrual e podem ser usados durante a amamentação (7). 

As desvantagens incluem que eles não protegem contra IST. Além disso, a inserção e a remoção do implante intradérmico são caras (7). 

Os tipos de anticoncepcionais combinados são (7): 

  • Anticoncepcionais orais também conhecidos como “a pílula”. 
  • Anéis vaginais. 
  • Adesivos anticoncepcionais. 

Elas ajudam a reduzir o sangramento menstrual e as cólicas, protegem contra certos tipos de câncer e reduzem a acne. Elas também permitem preliminares ininterruptas com carícias e alimentos afrodisíacos (7). 

Contudo, eles não protegem contra IST ou HIV. As pílulas precisam ser tomadas diariamente para garantir seu efeito e para evitar a exposição do adesivo ao sol. Elas não são recomendadas para fumantes, pessoas obesas ou que tomam determinados medicamentos, como anticonvulsivantes. Eles podem aumentar o risco de doenças venosas e arteriais (7). 

Contracepção de emergência 

Elas também são conhecidas como “pílula do dia seguinte”. São tomadas quando há uma relação sexual desprotegida ou quando o método anticoncepcional usado falhou. Para ser eficaz, deve ser tomada num período específico após a relação sexual. Além disso, não devem ser usadas como método regular de contracepção. 

Dispositivos Intrauterinos (DIU) 

Os DIU são dispositivos de cobre inseridos no útero e criam um ambiente tóxico para os espermatozoides (8).  

Eles são altamente eficazes e podem durar de 5 a 10 anos. Entretanto, a inserção e a remoção devem ser realizadas por um profissional médico. Algumas mulheres podem apresentar aumento do sangramento durante a menstruação (8). 

Métodos permanentes 

A esterilização cirúrgica é uma opção permanente para quem não deseja ter filhos no futuro. As trompas de Falópio são cortadas ou amarradas para evitar que o óvulo se una ao espermatozoide (9). 

Tipos de anticoncepcionais na perimenopausa e na pós-menopausa 

Types-of-contraceptives

Embora a fertilidade comece a diminuir após os 30 anos, muitas mulheres podem engravidar em seus 40 ou 50 anos. Portanto, o uso de anticoncepcionais é recomendado até (10,11): 

  • Atingir a idade de 55 anos.  
  • Após um ano sem menstruação depois dos 50 anos.  
  • Depois de 2 anos sem menstruação quando tiver menos de 50 anos.  

Os tipos de contracepção mais recomendados para esse grupo de mulheres são (10,11): 

  • DIU, se tiver sido inserido após os 45 anos e você não tiver nenhum problema no útero.  
  • Métodos hormonais somente com progestagênio, desde que não haja sangramento suspeito. 
  • Anticoncepcionais hormonais combinados para mulheres com baixo risco de doença cardíaca e não fumantes. 
  • Esterilização cirúrgica. 
  • Contracepção de emergência. 
  • Métodos de barreira, como preservativos femininos e masculinos sem espermicidas. O próprio lubrificante do preservativo ajuda as mulheres com secagem vaginal a ter relações sexuais mais agradáveis. 

Há muitos tipos de contracepção que podem ser usados, mas nem todos podem ser adequados para você. É essencial conversar com um profissional antes de escolher um método anticoncepcional.

Referencias bibliográficas  

  1. MedLinePlus. Birth Control. [Internet]. 2022 [consultado em 2 de agosto de 2023]. Disponível em https://medlineplus.gov/birthcontrol.html 
  1. Mayo Clinic. Birth Control. [Internet]. 2022. [consultado em 2 de agosto de 2023]. Disponível em https://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/birth-control/in-depth/birth-control-options/art-20045571?p=1 
  1. NHS. Wich method of contraception suits me? [Internet]. 2019 [consultado em 2 de agosto de 2023]. Disponível em https://www.nhs.uk/conditions/contraception/which-method-suits-me/ 
  1. NHS. Contraceptive diaphragm or cap [Internet]. 2020 [consultado em 2 de agosto de 2023]. Disponível em https://www.nhs.uk/conditions/contraception/contraceptive-diaphragm-or-cap/ 
  1. NHS. Condoms [Internet]. 2020 [consultado em 2 de agosto de 2023]. Disponível em https://www.nhs.uk/conditions/contraception/male-condoms/ 
  1. NHS. Female condoms [Internet]. 2021 [consultado em 2 de agosto de 2023]. Disponível em https://www.nhs.uk/conditions/contraception/female-condoms/ 
  1. Teal S, Edelman A. Contraception Selection, Effectiveness, and Adverse Effects: A Review. JAMA. 2021 [consultado em 2 de agosto de 2023] 326(24):2507–2518. Disponível em https://jamanetwork.com/journals/jama/fullarticle/2787541 
  1. NHS. Intrauterine device. [Internet]. 2021 [consultado em 2 de agosto de 2023]. Disponível em https://www.nhs.uk/conditions/contraception/iud-coil/ 
  1. NHS. Female sterilisation. [Internet]. 2021 [consultado em 2 de agosto de 2023]. Disponível em https://www.nhs.uk/conditions/contraception/female-sterilisation/ 
  1. Schunmann, C. Clinical Guideline for: Perimenopausal Contraception. [Internet]. 2022 [consultado em 2 de agosto de 2023].  
  1. 2 British Menopause Societ. Contraception for the older woman. [Internet]. 2022 [consultado em 2 de agosto de 2023]. Disponível em [consultado em 2 de agosto de 2023]. Disponível em https://www.womens-health-concern.org/wp-content/uploads/2022/12/04-WHC-FACTSHEET-ContraceptionForTheOlderWoman-NOV22-B.pdf 

Achou esse artigo útil?
Compartilhe com seus amigos:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *