Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Benefícios do sexo no campo físico e mental

6 Março 2023

Você acha que o sexo acaba com a menopausa? Nós te garantimos que não! Com um pouco de dedicação e criatividade, esse pode ser um de seus melhores momentos. Além disso, há vários benefícios do sexo, tanto física quanto emocionalmente, que você não pode esquecer. Então vamos conhecer estas vantagens e algumas dicas para desfrutar do sexo durante a menopausa. 

Mudanças na menopausa que podem afetar sua vida sexual 

Certamente, a menopausa traz consigo muitas mudanças, corporais e emocionais, que podem afetar a vida sexual. No entanto, nem sempre é assim; muitas mulheres gostam mais do sexo neste momento, porque se conhecem melhor e têm menos complexos. Lembre-se que cada mulher é diferente e experimenta a menopausa e a pós-menopausa (período após a menopausa) de maneira diferente. (1) 

Algumas mudanças que podem alterar a saúde sexual de uma mulher na menopausa incluem: (1,2) 

  • Secura vaginal
  • Dor durante relações sexuais penetrativas ou não-penetrativas. 
  • Diminuição da libido ou desejo sexual. 
  • Suores noturnos que afetam o sono e, portanto, levam ao cansaço.  
  • Sentimento de falta de energia para as relações sexuais. 
  • Alterações emocionais tais como ansiedade, estresse ou depressão, que limitam a intimidade. 
  • Fuga de urina. 
  • Presença de doenças associadas que limitam ou dificultam a atividade sexual. 

Benefícios do sexo antes, durante e após a menopausa 

Em nível físico, você pode reconhecer vários benefícios do sexo, como por exemplo: (2,3,4) 

  • Ajuda a baixar a pressão arterial e o risco de ataque cardíaco. 
  • Contribui para fortalecer o sistema imunológico, devido ao contato com a saliva e fluidos de outra pessoa.  
  • Ajuda a aumentar a libido e o desejo sexual. 
  • Pode melhorar os sintomas associados ao desbaste das paredes vaginais e a secura vaginal. O sexo promove a circulação do sangue na vagina, o que pode ajudar o tecido a ser mais saudável. 
  • Ele ajuda a aliviar várias dores, pois as endorfinas são liberadas durante a atividade sexual. 

Benefícios do sexo no campo emocional e mental 

O sexo vai muito além do prazer físico e do orgasmo feminino. A atividade sexual frequente pode ter benefícios mentais e emocionais. Alguns destes são: (3,5) 

  • Pode ajudar a reduzir o estresse, como pode ajudar a baixar o cortisol, o hormônio do estresse. 
  • Ele ajuda a melhorar a qualidade do sono. O sexo pode ajudar a reduzir a ansiedade e produzir relaxamento, o que, ao mesmo tempo, estimula o sono. 
  • Pode aumentar a sensação de bem-estar. Durante a atividade sexual, são liberados hormônios que produzem uma sensação de bem-estar e prazer, independentemente da existência ou não de um orgasmo. 
  • Contribui para uma maior autoestima. As mulheres que são íntimas de seus parceiros tendem a ter melhor percepção corporal e autoestima. 
  • Ele ajuda a fortalecer o vínculo emocional com o parceiro. 
     
Benefits-of-sex

Dicas para aproveitar os benefícios do sexo na menopausa 

É importante lembrar que não há um standard quando se trata de sexo. Explore e aprenda quais sensações são mais agradáveis para você e coloque-as em prática. Ter a mente aberta é a chave para desfrutar plenamente de sua sexualidade e dos benefícios do sexo. (1) 

Portanto, tenha estas dicas em mente: (1,2,3,4,5) 

  • Não fique obcecada pelo orgasmo ou pela ejaculação feminina, aproveite o momento e as sensações. 
  • Integre novas experiências em sua vida sexual, como jogos eróticos, massagens sexuais, alimentos afrodisíacos e brinquedos sexuais. 
  • Permita-se explorar a si mesma e conhecer-se muito melhor. 
  • Se você ainda estiver na perimenopausa, pergunte sobre os tipos de contraceptivos adequados para você. Lembre-se de que, embora as chances sejam pequenas, você ainda pode engravidar. 
  • Tente posições diferentes que estimulem o clitóris e o ponto G na mulher.  
  • Se você tiver um novo parceiro, use um método de barreira (preservativo) para prevenir infecções sexualmente transmissíveis.  
  • O lubrificante vaginal à base de água pode ajudar a melhorar a lubrificação e a ter uma experiência sexual mais prazerosa. 
  • Pergunte a seu médico sobre o uso de cremes estrogênicos para reduzir a secura vaginal e a coceira. 
  • Converse abertamente com seu parceiro sobre como você se sente, o que você gosta e o que você quer tentar. Lembre-se de que, assim como você está passando por mudanças, ele pode ter sintomas de andropausa ou dificuldades de relacionamento. 
  • Pratique exercícios de Kegel, que podem ajudar a fortalecer seu assoalho pélvico e ter relações sexuais mais agradáveis. 

A vida sexual não precisa parar na menopausa, se você não quiser. Abra sua mente e experimente novas sensações para aumentar seu desejo sexual e ter relacionamentos agradáveis. É claro, não se esqueça dos benefícios do sexo, eles podem ser um grande motivador. 

Referencias bibliográficas 

  1. National Health Service – NHS. Sexual wellbeing and intimacy during and after menopause. [Internet]. NHS Inform. 2022 [acessado em 31 de janeiro de 2023]. Disponível em: https://www.nhsinform.scot/healthy-living/womens-health/later-years-around-50-years-and-over/menopause-and-post-menopause-health/sexual-wellbeing-and-intimacy-during-and-after-menopause 
  1. Scavello I, Maseroli E, Di Stasi V, Vignozzi L. Sexual Health in Menopause. Medicina (Kaunas). [Internet]. 2019 [acessado em 31 de janeiro de 2023];55(9):559. Disponível em: https://doi.org/10.3390%2Fmedicina55090559  
  1. OSHU. The benefits of a healthy sex life. [Internet]. [acessado em 31 de janeiro de 2023]. Disponível em: https://www.ohsu.edu/womens-health/benefits-healthy-sex-life 
  1. Holland K. Can vaginal atrophy be reversed? [Internet]. Healthline. 2021 [acessado em 3 de fevereiro de 2023]. Disponível em: https://www.healthline.com/health/womens-health/can-vaginal-atrophy-be-reversed 
  1. Huizen J. Sex after menopause: Side effects, tips, and treatments [Internet]. Medical News Today. 2020 [acessado em 3 de fevereiro de 2023]. Disponível em: https://www.medicalnewstoday.com/articles/317542

Achou esse artigo útil?
Compartilhe com seus amigos:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *