Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Fotoproteção: Por que é necessária?

22 Setembro 2022

A pele é o maior órgão do nosso corpo, sua estrutura é complexa e cumpre muitas funções, tais como proteger-nos do frio ou do calor (Yousef, 2021). No entanto, é mais sensível do que se possa pensar, pois os raios solares podem danificá-la seriamente. Mesmo assim, temos a fotoproteção, mas você sabe o que é isso? 

Antes de responder a esta pergunta, vamos esclarecer como o sol pode afetar nossa pele (Polefka, 2012; Shin, 2020):

  • Os raios solares são feitos de diferentes componentes, alguns deles são a radiação ultravioleta. 
  • Destes, os mais importantes são os tipos A e B (também chamados de UVA e UVB, respectivamente). 
  • A radiação ultravioleta também pode envelhecer e danificar nossa pele. 
  • Ela faz isso oxidando as células da pele, quebrando-as ou mesmo impedindo-as de se repararem adequadamente.

Com o tempo, os raios solares podem ser responsáveis por todos os tipos de complicações cutâneas, incluindo o câncer. 

Então voltamos à questão, o que é fotoproteção para a pele? Bem, são maneiras de garantir que reduziremos os danos que o sol causa em nossa pele, e hoje vamos falar tudo sobre isso. 

Importância da fotoproteção: como você pode proteger sua pele?

 A fotoproteção, ou proteção solar, consiste na utilização de uma série de métodos (cremes, protetores solares, óculos de sol, entre outros) que filtram a quantidade de radiação UV que atinge a nossa pele. Isto pode ser obtido da seguinte forma (CDC, 2022; Guan, 2021): 

  • No caso de cremes, eles atingem sua função usando pigmentos que podem refletir, absorver ou desviar essa radiação. 
  • Assim, quanto menos radiação UV alcançar a pele, menos danos ela receberá. 
  • Lembre-se que, as sombras oferecem espaços onde menos radiação solar atinge a pele. 
  • Além disso, é aconselhável evitar os momentos do dia em que os raios solares são mais intensos. 

A importância da fotoproteção não é apenas para evitar queimaduras solares, mas também para retardar o fotoenvelhecimento da nossa pele (Guan, 2021). 

Fotoproteção: Por que é necessária?

Fotoenvelhecimento da pele e menopausa 

O fotoenvelhecimento é o aparecimento de sinais de envelhecimento, como hiperpigmentação, rugas, pele seca, entre outros, que se devem principalmente aos raios solares (Bosch, 2015). 

Além disso, as mulheres em uma vida inteira podem acumular muitos danos à pele devido a exposição ao sol (Rittié, 2015). 

Mas os sinais de fotoenvelhecimento podem não se tornar perceptíveis até a menopausa. Você pode se perguntar por que isto acontece, e  abaixo explicamos o motivo (Lankenau Medical Center, 2017; Thornton, 2013; Yoon, 2014): 

  • Durante o ciclo menstrual, hormônios tais como estrogênio e progesterona são liberados. 
  • Estes hormônios têm muitas funções no corpo, incluindo a proteção da pele, ajudando a produzir colágeno
  • Assim, na menopausa, esses hormônios diminuem, de modo que se perde a proteção da pele. 
  • Devido a isso, os danos acumulados podem começar a aparecer na forma de fotoenvelhecimento. 

Tenha em mente que o aparecimento de sinais de fotoenvelhecimento pode variar entre as mulheres na fase da menopausa. 

De qualquer forma, a fotoproteção da pele antes, durante e depois da menopausa é essencial. 

Dicas de fotoproteção para antes, durante e depois da menopausa 

Embora os danos causados à pele pela radiação UV sejam bastante significativos, existem diferentes maneiras de nos protegermos dela. Aqui estão algumas dicas (CDC, 2022; Mayo Clinic, 2020; MedlinePlus, 2021):

  • Tente usar roupas que protejam a maior parte da pele sempre que possível. 
  • O brilho pode afetar seriamente seus olhos, portanto tente usar óculos escuros. 
  • Os chapéus também garantem sombra no rosto, uma parte da pele que você não quer que seja afetada pelo sol. 
  • Durante o dia, ao ar livre, procure lugares protegidos da luz do sol. 
  • Tente evitar o sol nos horários de maior exposição solar (entre 10h e 16h). 
  • É importante manter-se hidratada, portanto, tente beber cerca de 2,7 litros de água por dia. 
  • Os protetores solares, seja em cremes ou loções, serão sua melhor proteção. 
  • Aplique uma boa quantidade no rosto e partes de seu corpo expostas ao sol. 
  • O fator de proteção solar (FPS) lhe informará o nível da proteção do protetor solar. 
  • Quanto mais alto o FPS, mais proteção o protetor solar oferece. 
  • Lembre-se de que uma camada espessa de protetor solar com um FPS mais baixo é melhor do que o oposto.

Agora você sabe tudo sobre a fotoproteção, conhece o que é, por que isso importa e como o sol pode afetá-la. Apenas lembra-se que, na menopausa, a sua pele é mais sensível aos danos do sol, por isso é sempre aconselhável seguir cada uma das dicas acima. 

Referências bibliográficas 

Bosch, R., Philips, N., Suárez-Pérez, J. A., Juarranz, A., Devmurari, A., Chalensouk-Khaosaat, J., & González, S. (2015). Mechanisms of Photoaging and Cutaneous Photocarcinogenesis, and Photoprotective Strategies with Phytochemicals. Antioxidants (Basel, Switzerland), 4(2), 248–268. https://doi.org/10.3390/antiox4020248 

CDC. (2022). Sun Safety. Centers for Disease Control and Prevention. https://www.cdc.gov/cancer/skin/basic_info/sun-safety.htm 

Guan, L. L., Lim, H. W., & Mohammad, T. F. (2021). Sunscreens and Photoaging: A Review of Current Literature. American Journal of Clinical Dermatology. doi:10.1007/s40257-021-00632-5 

Lankenau Medical Center. (2017). Fight back against Skin Changes during Menopause. Main Line Health. https://www.mainlinehealth.org/blog/skin-changes-during-menopause 

Mayo Clinic. (2020). How much Water do you Need to Stay Healthy? https://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/nutrition-and-healthy-eating/in-depth/water/art-20044256 

MedlinePlus. (2021). Sun Protection. https://medlineplus.gov/ency/patientinstructions/000378.htm 

Polefka, T. G., Meyer, T. A., Agin, P. P., & Bianchini, R. J. (2012). Effects of Solar Radiation on the Skin. Journal of Cosmetic Dermatology, 11(2), 134–143. doi:10.1111/j.1473-2165.2012.00614.x 

Rittié, L., & Fisher, G. J. (2015). Natural and Sun-induced Aging of Human Skin. Cold Spring Harbor perspectives in medicine, 5(1), a015370. https://doi.org/10.1101/cshperspect.a015370 

Shin D. W. (2020). Various Biological Effects of Solar Radiation on Skin and their Mechanisms: Implications for Phototherapy. Animal Cells and Systems, 24(4), 181–188. https://doi.org/10.1080/19768354.2020.1808528 

Thornton M. J. (2013). Estrogens and Aging Skin. Dermato-endocrinology, 5(2), 264–270. https://doi.org/10.4161/derm.23872 

Yoon, H., Lee, S., & Chung, J. (2014). Long-term Topical Oestrogen Treatment of Sun-exposed Facial Skin in Post-menopausal Women Does Not Improve Facial Wrinkles or Skin Elasticity, but Induces Matrix Metalloproteinase-1 Expression. Acta Dermato Venereologica, 94(1), 4–8. doi:10.2340/00015555-1614 

Yousef, H., Alhajj, M., & Sharma, S. (2021). Anatomy, Skin (Integument), Epidermis. En StatPearls. StatPearls Publishing. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK470464/ 

Achou esse artigo útil?
Compartilhe com seus amigos:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *