Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Vida social: quão importante é realmente?

27 Outubro 2022

Quando falamos de vida social, abordamos as atividades que são realizadas na esfera pública ou comunitária, em contato com outras pessoas. Nesse sentido, todos nós temos isso em maior ou menor grau, pois não podemos viver em absoluta solidão sem interagir com o meio em que vivemos.  

Entretanto, como saber se temos um nível saudável de vida social ou se ele está sendo afetado pelo processo natural da menopausa? Em seguida, explicaremos do que se trata e como trabalhar para melhorá-la. 

Relações interpessoais saudáveis  

Vida social saludable ¿Cómo lograrlo durante la menopausia

A vida social faz parte de uma vida saudável. Trata-se dos laços que você forma com os outros, tais como família, amigos, membros de sua comunidade, colegas de trabalho, entre outros. Ela pode ser medida pela duração e qualidade das interações sociais que você tem regularmente, tanto pessoalmente como on-line. 

Devido à natureza humana, essa é uma das influências mais importantes em nossa saúde mental e física. Embora a tecnologia tenha mudado a forma como interagimos, ela não afeta a necessidade de se envolver em relacionamentos de apoio com os outros. 

Como todas as áreas da vida, em caso de não existir controle adequado, isso pode se tornar problemático. Relações interpessoais podem se tornar conflituosas ou insatisfatórias. Neste momento elas não são mais consideradas saudáveis (Psychology Today, 2019). 

Impacto da vida social na menopausa 

Nesta fase há dificuldades em interagir com outras pessoas. Pesquisadores e psicólogos criaram grupos onde as mulheres interagem entre si durante esse processo. Estes são conhecidos como modelos de apoio social, os quais têm mostrado um efeito positivo direto sobre os sintomas de ansiedade e estresse. Eles aumentam, por sua vez, confiança, apoio social e relacionamentos próximos (Kotijah et al., 2021). 

É bem conhecido que a menopausa apresenta sintomas não apenas na área orgânica, mas também nas áreas psicológica e social. Assim, mudanças de humor, ansiedade, depressão e estresse acabam causando isolamento social. A mulher se sente incompreendida ou envergonhada pela nova maneira como seu corpo e suas emoções reagem ao seu entorno. 

Isso, gradualmente, reduz o círculo de confiança e também pode reduzir drasticamente o suporte que você poderia ter anteriormente, impedindo que novas conexões se desenvolvam. Dessa forma, pode afetar a vida social (Couto & Nápoles, 2014). 

Como construir uma vida social saudável? 

A maioria das pessoas tem dificuldade em fazer novos amigos à medida que se tornam mais maduros. Eles consomem suas energias em demandas profissionais ou familiares. Seus relacionamentos, normalmente, não se aprofundam em algo mais longo. 

A primeira coisa para construir uma vida social saudável é trabalhar no próprio bem-estar. Recomenda-se que você siga uma dieta equilibrada, realize atividade física e algum tipo de exercício de meditação e relaxamento. Lembre-se de que não se trata de satisfazer os outros, mas de fortalecer-se a si mesmo. Amizades precisam de esforço.  

Você deve participar de eventos, interagir ativamente com pessoas que compartilham os mesmos interesses. Além de estar presente com uma atitude positiva. 

Você pode iniciar atividades fora de casa, por exemplo, frequentando uma academia. Lembre que, além dos benefícios do exercício sobre os sintomas da menopausa, fazer uma atividade física pode permitir que você conheça novas pessoas.  

Da mesma forma, tente participar de um círculo religioso, se você gosta. A ideia é expandir a interação com outras pessoas, e fazer com que você procure atividades que realmente te interessam (Psychology Today, 2019). 

Em suma, é sabido que uma vida social saudável proporciona uma equipe de apoio emocional para tempos difíceis. Então, não é de admirar que seja tão importante construir laços fortes. Isso vai ajudá-la a lidar com as mudanças físicas e emocionais da menopausa. 

Trabalhe consciente e constantemente para fortalecer seus laços emocionais, e evite se isolar. Isso garantirá um ambiente saudável e uma melhor qualidade de vida durante esta fase.

 

Referências bibliográficas 

Couto Núñez, D., & Nápoles Méndez, D. (2014). Aspectos sociopsicológicos del climaterio y la menopausia. MEDISAN, 18(10), 1409-1418. http://scielo.sld.cu/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1029-30192014001000011&lng=es&tlng=es. 

Kotijah, S., Yusuf, A., Aditya, R., Solikhah, F., & Mosteiro, P. (2021). Development of Social Support Model to Reduce Menopause Women’s Anxiety. Ansiedad y Estrés, 27, 81-88. https://www.ansiedadyestres.es/es/art/2021/anyes2021a11 

Psychology Today. (2019). Social Life. https://www.psychologytoday.com/us/basics/social-life 

 

Achou esse artigo útil?
Compartilhe com seus amigos:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *