Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Ciclo menstrual irregular: uma doença ou o início da perimenopausa?

1 Agosto 2022

Todas as mulheres já experimentaram um ciclo menstrual irregular em algum momento. Mas como sabemos se é um sintoma de uma doença ou uma nova etapa de nossas vidas? Aqui vamos te explicar.

O que é um ciclo menstrual irregular?

Cada mulher tem seu próprio ritmo. Entretanto, uma menstruação deve durar de 2 a 7 dias, com um fluxo máximo de 80 ml por dia, e assim repetir a cada 21 a 35 dias (Mayo Clinic, n.d.). Tendo isso em conta, a menstruação irregular é definida como qualquer mudança que altere o processo normal por cada pessoa. Por exemplo:

  • Falta ou aumento no fluxo.
  • Variação no ciclo.
  • Adiantamentos ou atrasos.
  • Sangramento entre ciclos regulares.

Causas do ciclo menstrual irregular

Os ciclos menstruais que são irregulares podem ocorrer em todas as fases da vida de uma mulher, desde a puberdade até a menopausa. Algumas das causas são as seguintes (Pinkerton, 2020):

Ciclo menstrual irregular: uma doença ou o início da perimenopausa?

Por que o ciclo menstrual irregular acontece na perimenopausa?

Ela é causado, principalmente, por mudanças hormonais. A cada mês, dois tipos de hormônios atuam nos ovários: a progesterona e o estrogênio, preparando o útero para a gravidez e dando origem a ciclos regulares.

Entretanto, ao longo dos anos, eles são produzidos em quantidades menores e os ovários deixam de agir sob seu efeito. Como resultado, o ritmo comum fica se perdendo e causa o ciclo menstrual irregular (Pikerton, 2020).

Geralmente, a perimenopausa pode começar até 10 anos antes do último sangramento. Eventualmente, este processo chega a um impasse total. Portanto, é claro que quando o ciclo menstrual é irregular, este é o primeiro passo para a infertilidade feminina (Dumont et al., 2017).

Mudanças no ciclo menstrual durante a perimenopausa

No início, o ciclo menstrual irregular aparece com períodos que conseguem se alongar aproximadamente 7 dias. As mudanças de fluxo variam de escassas a hemorragia abundante. Em pouco tempo, o sangramento marrom ou corrimento marrom aparece entre uma menstruação e outra (Pikerton, 2020).

Com o tempo, os atrasos se tornam mais comuns. Tem ausência de menstruação por mais de 8 semanas nos 2 a 4 anos subsequentes. Assim, ao completar 12 meses desde o último sangramento, a menopausa já é considerada em andamento (Dumont et al., 2017).

Sintomas associados

A escassez de hormônios pode causar anormalidades em um ou mais órgãos do corpo. Portanto, uma variedade de sintomas pode aparecer durante todo o processo perimenopausal. Estes são alguns dos mais comuns (Dumont et al., 2017):

  • Insônia.
  • Dor de cabeça.
  • Sensibilidade no peito.
  • Ondas de calor.
  • Suores noturnos.
  • Fadiga.
  • Depressão.
  • Ansiedade.
  • Mudanças no desejo sexual.
  • Secura vaginal.
  • Distúrbios da memória.

Tratamento

Quando um ciclo menstrual irregular afeta sua capacidade de funcionar normalmente, ele deve ser tratado por um especialista. Ele ou ela fará exames de sangue, uma ultrassonografia e uma ressonância magnética.

O tratamento inicial inclui medicamentos contra dor, vitaminas e minerais (vitamina D, ferro para anemia e cálcio) (Pinkerton, 2020).

Para estancar o sangramento excessivo, existem tratamentos hormonais e não hormonais. Para escolher o melhor, seu médico indicará o que é certo para você, estes são alguns dos mais comuns (Armeni et al., 2016):

  • Pílulas ou injeção anticoncepcional.
  • Estrogênio.
  • Progesterona.
  • Sistema intrauterino liberador de hormônios.
  • Ácido tranexâmico.
  • Cirurgia uterina.

Recomendações

Ninguém pode ignorar o fato de que os sintomas são muitas vezes desconfortáveis. Por conta disso, este é o momento ideal para que você tenha tempo para si mesma. Preste atenção em cuidar de si mesma, assim como de seus hábitos de higiene e aparência. Além disso, tente fazer mudanças importantes (Mintziori et al., 2015):

  • Abandone o tabaco, o álcool e o café.
  • Evite a obesidade e a magreza extrema.
  • Inicie alguma forma de atividade física.

Também é importante ter em conta, durante as relações sexuais tente usar um lubrificante vaginal à base de água. Além disso, a avaliação médica e psicológica de rotina também é essencial (Armeni et al., 2016).

Em conclusão, esta é uma transição tão normal quanto a puberdade. Embora às vezes seja dificultada por estar associada a estágios de mudança e estigmas sobre a fertilidade. Mas nada disso determina seu valor como mulher. O seu objetivo é sempre se sentir bem.

Referências bibliográficas 

Armeni, E., Lambrinoudaki, I., Ceausu, I., Depypere, H., Mueck, A., Pérez-López, F. R., Schouw, Y.T. van der, Senturk, L.M., Simoncini, T., Stevenson, J. C., Stute, P., & Rees, M. (2016). Maintaining postreproductive health: A care pathway from the European Menopause and Andropause Society (EMAS). Maturitas, 89, 63–72. https://doi.org/10.1016/j.maturitas.2016.04.013 

Dumont, A., Bendris, N., Dewailly, D., Letombe, B., & Robin, G. (2017). Perimenopausia. EMC – Ginecología-Obstetricia, 53(4), 1–15. https://doi.org/10.1016/s1283-081x(17)86883-1 

Mayo Clinic. (s.f.). Menstrual cycle: What’s normal, what’s not. https://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/womens-health/in-depth/menstrual-cycle/art-20047186  

Mintziori, G., Lambrinoudaki, I., Goulis, D.G., Ceausu, I., Depypere, H., Erel, C. T., Pérez-López, F.R., Schenck-Gustafsson, K., Simoncini, T., Tremollieres, F., & Rees, M. (2015). EMAS position statement: Non-hormonal management of menopausal vasomotor symptoms. Maturitas, 81(3), 410–413. https://doi.org/10.1016/j.maturitas.2015.04.009 

Pinkerton, J.V. (2020, diciembre). Sangramento uterino anormal decorrente de disfunção ovulatória. Manual MSD. https://www.msdmanuals.com/pt/profissional/ginecologia-e-obstetr%c3%adcia/anormalidades-menstruais/sangramento-uterino-anormal-decorrente-de-disfun%c3%a7%c3%a3o-ovulat%c3%b3ria-sua-o  

Achou esse artigo útil?
Compartilhe com seus amigos:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *