Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Diagnóstico da menopausa: método para realizálo e sua importância 

8 Julho 2024

O diagnóstico da menopausa nem sempre é feito no momento exato em que ela ocorre. Na realidade, na maioria das vezes, ele é confirmado quando já se passou mais de um ano (1)

Por quê? Porque a menopausa é definida como a cessação permanente da menstruação. Assim, para comprovar que há uma ausência da menstruação de forma definitiva, o médico deve confirmar que já se passaram pelo menos 12 meses desde esse evento (2)

Desta forma, a confirmação é considerada retrospectiva. Ou seja, olhando para o passado. Exceto em casos de menopausa cirúrgica (1,2,3)

Diagnóstico da menopausa pelos sintomas 

Muitas mulheres conseguem reconhecer os diferentes estágios da menopausa pelos sintomas que experimentam. E muito embora o único sinal inequívoco de diagnóstico seja a ausência de menstruação, os outros sinais dão indícios (4)

Em geral, nos anos prévios à última menstruação, começam os ciclos irregulares. É comum experimentar períodos mais curtos ou mais longos, sangramento intermenstrual ou menstruação intensa (5)

Agora, você também poderia notar algum dos seguintes sintomas (4,5)

  • Primeiro, problemas para dormir. 
  • Segundo, mudanças no estado de ânimo. 
  • Terceiro, alterações na pele e no cabelo, provocando ressecamento e fragilidade. 
  • Quarto, fogachos e suores noturnos. Essas são sensações de calor repentino com vermelhidão da pele e sudorese excessiva. 
  • Quinto, secura vaginal. Devido à diminuição dos níveis de estrogênio, o que resulta em coceira vaginal ou dor durante as relações sexuais. 

Dessa maneira, todos esses sintomas tendem a aparecer após os 40 anos. Em média, as mulheres entram na menopausa entre os 45 e os 55 anos (2)

Em casos excepcionais e menos frequentes, a última menstruação pode acontecer em um momento diferente. Por exemplo, se ocorrer antes dos 45 anos, é denominada menopausa precoce. Em contrapartida, considera-se menopausa tardia quando se apresenta após os 55 anos (6)

Diagnóstico da menopausa com exames laboratoriais 

Diagnóstico-da-menopausia

Nesta ocasião, o médico pode solicitar exames laboratoriais para confirmar o diagnóstico. Embora não sejam imprescindíveis, eles podem ser úteis em mulheres acima de 40 anos com ciclos muito irregulares. Além disso, se houver suspeita de problemas mais graves com as funções do útero ou dos ovários (7)

Os exames laboratoriais mais utilizados para o diagnóstico da menopausa são (7,8)

  • Por exemplo, existe o hormônio folículo estimulante ou FSH. Com a redução do estrogênio, aumenta paralelamente a produção desse hormônio. Ele é secretado pela glándula pituitaria. Concentrações elevadas são indicativas da menopausa. 
  • Além disso, existe o hormônio luteinizante ou LH. Acontece o mesmo que com o FSH. 
  • Por último, há o estradiol. Seus níveis tendem a diminuir progressivamente à medida que a idade da mulher avança. Portanto, uma baixa concentração de estradiol no sangue é indicativa da menopausa. 

Outros exames importantes que você deve realizar 

Além dos exames de sangue para o diagnóstico da menopausa, há outros testes médicos importantes. Por esta razão, eles são usados para avaliar os problemas de saúde que podem acompanhar essa etapa (9)

Deste modo, o profissional de saúde poderia solicitar o seguinte (7,8,10)

  • Por exemplo, uma densitometria óssea. Na menopausa, a densidade dos ossos costuma diminuir, o que aumenta o risco de osteoporose e fraturas. Este exame mede essa densidade. 
  • Assim como, o colesterol no sangue. Durante a menopausa, é possível que o colesterol aumente. Isso aumenta o risco de doenças cardiovasculares. Por isso, é fundamental conhecer os números por meio de um exame laboratorial, para agir de acordo. 
  • Tal como, o papanicolau. É recomendável que você continue com os exames ginecológicos e o rastreamento do câncer do colo do útero até os 65 anos. 
  • Finalmente, a mamografia. Quanto maior a idade, maior o risco de câncer de mama. É por isso que as mamografias são fundamentais para a detecção precoce. 

Por que é importante ter um diagnóstico da menopausa

A menopausa marca o fim da função reprodutiva da mulher. Mas confirmar que você está nessa etapa lhe ajudará a entender e lidar melhor com as mudanças (2)

Por esta razão, alguns sintomas associados têm tratamento. Então, se o seu médico confirmar que você está na menopausa, ele poderá lhe indicar algumas terapias. Por exemplo, existem géis lubrificantes para a secura vaginal e reposição hormonal (1,9,11)

Por isso, é fundamental marcar uma consulta com um profissional de saúde se estiver apresentando sintomas que lhe preocupam. Igualmente, na consulta, você poderá confirmar o diagnóstico da menopausa. Além do mais, você poderá tirar suas dúvidas sobre o que é perimenopausa, o que é pós-menopausa, quais mudanças precisa fazer e, acima de tudo, como obter apoio.

Referências bibliográficas 

1. NHS. Overview menopause [Internet]. National Health System 2022 May 17 [cited 2024 May 10]. Available from: https://www.nhs.uk/conditions/menopause/ 

2. NHS Cambridge University Hospitals. Menopause: a healthy lifestyle guide [Internet]. NHS Foundation Trust 2021 Oct 11 [cited 2024 May 10]. Available from: https://www.cuh.nhs.uk/patient-information/menopause-a-healthy-lifestyle-guide/ 

3. Secoșan C, Balint O, Pirtea L, Grigoraș D, Bălulescu L, Ilina R. Surgically induced menopause—A practical review of literature. Medicina (Kaunas) [Internet]. 2019 [cited 2024 May 10];55(8):482. Available from: https://www.mdpi.com/1648-9144/55/8/482 

4. NHS. Symptoms menopause [Internet]. National Health System 2022 May 17 [cited 2024 May 10]. Available from: https://www.nhs.uk/conditions/menopause/symptoms/ 

5. Santoro N, Roeca C, Peters BA, Neal-Perry G. The menopause transition: Signs, symptoms, and management options. J Clin Endocrinol Metab [Internet]. 2021 [cited 2024 May 10];106(1):1–15. Available from: https://academic.oup.com/jcem/article-abstract/106/1/1/5937009 

Achou esse artigo útil?
Compartilhe com seus amigos:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *