Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Menstruação intensa, causas e tratamento na perimenopausa

8 Setembro 2022

Talvez você tenha atingido o estágio da perimenopausa, ciente das muitas mudanças que seus ciclos menstruais terão. Mas em vez de reduzir o sangramento, você tem menstruação intensa?

Queremos te acompanhar nos desafios desta nova etapa. Por isso, explicamos tudo sobre essa mudança e como agir antes de seu aparecimento.

O que é a menstruação intensa?

Todas as mulheres têm características diferentes em relação aos seus ciclos. No entanto, considera-se que cada ciclo pode ocorrer a cada 21 a 35 dias, com duração de 2 a 7 dias. Com perda estimada inferior a 80 ml, se o período durar mais que isso, é considerado pesado (CDC, 2020).

Seu termo médico é menorragia. No entanto, qualquer sangramento que ultrapasse o que é conhecido como “normal” para a pessoa será considerado uma alteração (CDC, 2020).

Sintomas de menstruação intensa

Os sintomas são muito variados, a pessoa pode (CDC, 2020):

  • Encher um ou mais absorventes em uma hora, por várias horas consecutivas.
  • Precisar usar absorvente duplo.
  • Ter que fazer alterações de absorvente à noite.
  • Ter um período que dura mais de uma semana.
  • Expulsão de coágulos do tamanho de uma moeda.
  • Corrimento marrom entre os períodos.
  • Limitar suas atividades normais.
  • Apresentar anemia, tontura, falta de ar.

Causas de menstruação intensa

As causas variam dependendo da idade da mulher e dos estágios de fertilidade. As principais são (Clínica Mayo, 2021):

  • Desequilíbrio hormonal como a síndrome dos ovários policísticos, a obesidade, resistência à insulina, problemas de tireoide e perimenopausa.
  • Disfunção dos ovários.
  • Tumores uterinos.
  • Miomatose.
  • Dispositivo intrauterino (DIU).
  • Câncer cervical.
  • Problemas de coagulação do sangue.
  • Medicamentos para diminuir a coagulação ou a dor e contraceptivos.
  • Doenças nos rins e fígado.

Por que ocorre a menstruação intensa na perimenopausa

Os ciclos menstruais são governados por dois hormônios chamados estrogênio e progesterona. Quando estes descem, a pessoa pode apresentar um ciclo menstrual irregular. Durante a perimenopausa, há uma diminuição desses hormônios (Boutot e Druet, 2019).

Quando diminuem, causam deficiência de coagulação, o que gera sangramentos mais abundantes e duradouros. Da mesma forma, a regularidade do ciclo menstrual é alterada (Boutot e Druet, 2019).

Menstruação intensa, causas e tratamento na perimenopausa

Tratamento da menstruação intensa

Deve fazer-se um bom diagnóstico. Uma vez excluídas as doenças malignas, o tratamento deve ser iniciado. Sempre indicado por médicos especialistas. Nunca se automedique.

As principais medidas são (CDC, 2020):

  • Suplemento de ferro, especialmente em casos de anemia.
  • Medicamento para dor e inflamação.
  • Ácido tranexâmico: usado para reduzir o sangramento em alguns casos, usar apenas sob indicação médica.
  • Anticoncepcionais orais e DIU: são usados ​​para repor os hormônios que estão diminuídos nesta fase.
  • Em casos graves, quando o tratamento médico não funciona, procedimentos cirúrgicos devem ser realizados, como curetagem ou mesmo a remoção total do útero.

Complicações da menstruação intensa

A perda contínua de excesso de sangue pode levar à anemia. Isso ocorre quando o corpo quer compensar essa perda e as reservas de ferro se esgotam, causando assim dificuldade no transporte de oxigênio para os diferentes órgãos do corpo. Desse modo, causa palidez, fraqueza e fadiga (CDC, 2020).

Além disso, pode ocorrer dor intensa conhecida como dismenorreia. Às vezes, isso pode ser tão intenso que é preciso uma revisão médica (CDC, 2020).

Em alguns casos, o sangramento uterino anormal é o primeiro sintoma de distúrbios hemorrágicos. Entre elas, a doença de von Willebrand e a trombocitopenia imune. Ambos podem causar sangramento em outras regiões do corpo, com desfechos fatais (Marinho, 2018; Kuter, D 2020).

Quando ir ao médico

A principal e mais grave complicação é o choque. Ocorre quando muito sangue foi perdido e há suprimento inadequado de sangue para órgãos vitais. Há sonolência, pele fria e úmida, palpitações, ausência de urina, pressão alta. Pode ter complicações mortais (Med 2020).

Em caso de probabilidade de gravidez, deve descartasse de imediato. Uma vez que pode ser um aborto ou gravidez ectópica.

Em suma, a menstruação intensa é um problema bastante comum, especialmente durante a perimenopausa, mas mesmo sendo comum, deve-se dar a devida atenção ao mesmo, pois pode gerar complicações sérias. Se você apresentar algum sintoma, recomendamos que consulte o seu médico, e nunca se automedique.

Referências bibliográficas 

Boutot, M.; e Druet, A (2019). Tudo que você precisa saber sobre perimenopausa e menopausa. Clue. https://helloclue.com/pt/artigos/ciclo-a-z/tudo-que-voce-precisa-saber-sobre-perimenopausa-e-menopausa 

CDC (2020). Menstrual Bleeding. https://www.cdc.gov/ncbddd/blooddisorders/women/menorrhagia.html 

Fleury (2020) Doença de von Willebrand. https://www.fleury.com.br/medico/manuais-diagnosticos/hematologia-manual/doenca-von-willebrand 

Kemp (2020). Sangramente uterino aumentado. http://kemp.med.br/sangramento-uterino-aumentado 

Kuter, D. (2020) Trombocitopenia imune (PTI). Manual MSD. https://www.msdmanuals.com/pt-br/casa/dist%C3%BArbios-do-sangue/dist%C3%BArbios-das-plaquetas/trombocitopenia-imune-pti 

Marinho, Z (2018) Doença de von Willebrand: triagem em meninas com sangramento menstrual intenso. PebMed. https://pebmed.com.br/doenca-de-von-willebrand-triagem-em-meninas-com-sangramento-menstrual-intenso 

Rede d’or São Luiz (2020). Resistência à insulina. https://www.rededorsaoluiz.com.br/doencas/resistencia-a-insulina 

Rosa, E. (2021) O que é curetagem e em quanto depois a mulher pode engravidar? http://www.dreduardorosa.com.br/noticia.php?id=217 

Varella, D (2021). Síndrome dos ovários policísticos. https://bvsms.saude.gov.br/sindrome-dos-ovarios-policisticos/ 

Achou esse artigo útil?
Compartilhe com seus amigos:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *