Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Secreção marrom: quais são suas causas e o que fazer frente a cada uma

16 Maio 2022

O fluxo vaginal normal é uma secreção de líquido e células que se liberam continuamente através da vagina. A quantidade, a cor, o cheiro e a consistência desse líquido variam segundo a etapa do ciclo menstrual. Ele pode ser transparente e líquido ou branquinho e pegajoso. Estar atenta às mudanças em suas características é importante, pois deixa de ser normal quando apresenta um cheiro ou aspecto não usual, como uma secreção marrom que pode indicar, entre outras coisas, que a menopausa está se aproximando (Mayo Clinic, 2019; Burgess, 2020).

Causas da secreção marrom durante a perimenopausa

Normalmente, a secreção vaginal ocorre quase diariamente. Ela costuma ser fluida e transparente ou branca, mas quando se apresenta marrom, possivelmente é porque ela contem pequenas quantidades de sangue velho que levou um tempo maior para sair do útero. Para as mulheres de entre 40 e 50 anos, a secreção marrom prévia a uma menstruação pode ser um sinal de que está se aproximando da menopausa (Burgess, 2020).

Durante essa etapa, se produz uma diminuição considerável do estrógeno. Além disso, os tecidos da vagina perdem espessura, umedecimento e elasticidade, alterando o pH da zona. Neste caso, a secreção marrom pode indicar que está chegando o final da ovulação, mas também pode ser sinal de uma série de mudanças que afetam na área urogenital da mulher na menopausa, como a vaginite atrófica, infecções vaginais e síndrome de ovário poliquístico ou posicístico, entre outras (Instituto de la Menopausia, s.f.).

1. Vaginite atrófica

A vaginite atrófica é o emagrecimento, a secagem e inflamação das paredes vaginais. Pode acontecer quando seu corpo tem menos hormônios femininos (estrógenos). Isso ocorre com maior frequência na menopausa, e pode fazer com que as relações sexuais sejam dolorosas, assim como provocar sintomas urinários incômodos. Seus sinais e sintomas podem incluir (Mayo Clinic, 2021):

  • Secagem vaginal.
  • Ardor e coceira vaginal.
  • Secreção marrom vaginal.
  • Emergência e ardor ao urinar.
  • Infecções frequentes do aparelho urinário.
  • Incontinência urinária.
  • Desconforto e sangramento leve depois das relações sexuais.
  • Encurtamento e endurecimento do canal vaginal.

Para tratar a vaginitis atrófica, você pode usar cremes hidratantes vaginais ou lubrificantes feitos a base de água como opções de tratamento, produtos que não exigem receitas médicas. Em caso destes produtos não reduzirem os sintomas, você pode procurar ajuda médica para iniciar uma terapia hormonal com estrógeno tópico ou de administração oral (Mayo Clinic, 2021).

Também pode ser recomendável uma mudança de estilo de vida. Uma alimentação saudável e atividade física regular podem contribuir para aliviar esses sintomas. Também, o uso de medicina alternativa com suplementos a base de ervas como a cimicífuga ou o trevo vermelho podem contribuir para uma melhora (Mayo Clinic, 2021).

2. Infecção vaginal

Durante os anos de fertilidade, incluindo a etapa da perimenopausa, a causa da secreção marrom pode ser uma infecção vaginal. Entre as mais frequentes estão a vaginose bacteriana, a candidíase (uma infecção por leveduras) e a vaginitis por trichomonas, que é transmitida por contato sexual. Todas elas incluem sintomas como (MedlinePlus, 2019; Barad, 2020):

  • Coceira, vermelhidão e inflamação na área genital.
  • Irritação e mau cheiro na vagina.
  • Febre e dor abdominal ou pélvica.

A infecção vaginal aparece quando as bactérias protetoras que habitam a vagina descendem e aumentam aquelas bactérias nocivas. A proliferação desses micro-organismos nocivos acontece quase sempre pelo uso de antibióticos durante longo tempo, pois eles reduzem o número de bactérias protetoras, e isso diminui a acidez vaginal. Também, por uma higiene ruim ou lavagens vaginais excessivos, gravidez, diabetes mellitus ou um corpo estranho na vagina (Barad, 2020).

O tratamento dependerá da causa, por isso você deve procurar atenção médica. Por exemplo, a vaginose bacteriana é tratada com antibióticos. Também é possível usar cremes de corticosteroides ou anti-histamínicos orais. Os cuidados pessoais, como manter a área genital limpa e seca também são importantes. É recomendável não usar produtos químicos como detergentes, aerossóis e sabões que contenham surfactantes, perfumes, álcool, vinagre, iodo e outros elementos que podem irritar a vagina (MedlinePlus, 2019; Barad, 2020).

3. Síndrome de ovário poliquístico ou policístico

A síndrome de ovário poliquístico (SOP) é um desequilíbrio hormonal que pode aparecer na idade fértil e continuar até você entrar na menopausa. Pode causar secreção marrom devido a um leve sangramento irregular e outros sintomas como (OASH, 2019; Burgess, 2020):

  • Períodos irregulares, muito abundantes ou não ter mais períodos.
  • Cabelo excessivo no rosto ou corpo, ou queda do cabelo.
  • Acne ou pele gordurosa no rosto, peito e costas.
  • Dor pélvica.
  • Partes de pele descolorida.
  • Incremento de peso ou dificuldade para reduzi-lo.

Para tratar estes sintomas deve-se buscar orientação médica.Já que existem vários tratamentos disponíveis, entre eles: os medicamentos que contenham estrógeno e progesterona, e os que bloqueiam o efeito dos andrógenos (hormônio sexual masculina). Aliás, os hábitos de alimentação saudável e a atividade física regular podem contribuir a aliviar os sintomas relacionados com o SOP (OASH, 2019).

Secreção marrom: quais são suas causas e o que fazer frente a cada uma

Sinais de alarma da secreção marrom para procurar atenção médica

A secreção marrom, durante a perimenopausa, pode ser um sinal de alarme que você deve levar em conta para procurar atenção médica quando (Burgess, 2020; Barad, 2020):

  • Continua por várias semanas.
  • Acontece com frequência depois das relações sexuais.
  • Tem mau cheiro.
  • Vem acompanhada de outros sintomas como dor abdominal ou pélvica, coceira vaginal ou cólicas.
  • Apresenta febre, pus e ardência.

Ao experimentar qualquer um dos sintomas causantes da secreção marrom, o melhor é consultar com seu médico. A secreção marrom pode aparecer como resultado do processo normal da perimenopausa, ou como consequência de uma enfermidade ou infecção vaginal. Para você se sentir melhor, modifique seu estilo de vida com uma alimentação saudável, atividade física regular e proteção durante as relações sexuais. Isso vai ajudar a aliviar os sintomas ou retardar a sua aparição.

 

Referências

Barad, D. (2020). Secreción vaginal. Center for Human Reproduction. MSD Manuals. https://www.msdmanuals.com/es/hogar/salud-femenina/s%C3%ADntomas-de-los-trastornos-ginecol%C3%B3gicos/secreci%C3%B3n-vaginal

Burgess, L. (2020, 23 de octubre). ¿Qué causa el flujo café antes de un periodo? Medical News Today. https://www.medicalnewstoday.com/articles/es/manchar-antes-del-periodo

De Pietro, M. (2019, 10 de enero). ¿Qué significan los diferentes tipos de secreción vaginal? Medical News Today. https://www.medicalnewstoday.com/articles/es/324143 

Instituto de la Menopausia. (s.f.). El flujo en la menopausia. https://www.institutodelamenopausia.com/divulgacion/consejos/salud/el-flujo-en-la-menopausia

Mayo Clinic. (2019, 14 de febrero). Flujo vaginal. https://www.mayoclinic.org/es-es/symptoms/vaginal-discharge/basics/definition/sym-20050825

Mayo Clinic. (2021, 17 de septiembre). Atrofia vaginal. https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/vaginal-atrophy/symptoms-causes/syc-20352288

Mayo Clinic. (2021, 17 de junio). Cáncer del cuello uterino. https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/cervical-cancer/symptoms-causes/syc-20352501

Mayo Clinic. (2019, 11 de mayo). Síntomas del embarazo: Qué ocurre primero. https://www.mayoclinic.org/es-es/healthy-lifestyle/getting-pregnant/in-depth/symptoms-of-pregnancy/art-20043853

MedlinePlus. (2019, 30 de junio). Picazón y flujo vaginal en mujeres adultas y adolescentes. https://medlineplus.gov/spanish/ency/article/003158.htm

MedlinePlus. (2021, 24 de noviembre). Enfermedades de transmisión sexual. https://medlineplus.gov/spanish/sexuallytransmitteddiseases.html

MedlinePlus. (2020, 6 de febrero). Embarazo. https://medlineplus.gov/spanish/pregnancy.html

Oficina para la Salud de la Mujer [OASH]. (2019, 1 de abril). Síndrome de ovario poliquístico. https://espanol.womenshealth.gov/a-z-topics/polycystic-ovary-syndrome

Pérez, E. y Salvador, Z. (2020, 26 de junio). ¿Qué es la perimenopausia? Síntomas y posibilidad de embarazo. Reproducción Asistida ORG. https://www.reproduccionasistida.org/que-es-la-perimenopausia/

Sedicias, S. (2021). 7 causas de flujo marrón, café u oscuro. Tua Saúde. https://www.tuasaude.com/es/flujo-marron/

Servicio Nacional de Salud en el Reino Unido [NHS]. (2021, 25 de enero). Secreción vaginal. https://www.nhs.uk/conditions/vaginal-discharge/

Servicio Nacional de Salud en el Reino Unido [NHS]. (2021, 25 de junio). Infecciones de transmisión sexual (ITS). https://www.nhs.uk/conditions/sexually-transmitted-infections-stis/ 

Achou esse artigo útil?
Compartilhe com seus amigos:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *