Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Secura vaginal: 6 dicas para prevenir ou mitigar

2 Maio 2022

A secura vaginal pode ser um problema comum durante a menopausa, surgindo tão cedo quanto a perimenopausa. É um sinal comum da síndrome geniturinária da menopausa conhecida como vaginite atrófica ou atrofia vaginal. Nele, os tecidos vaginais tornam-se mais finos e facilmente irritáveis como resultado da diminuição natural dos níveis de estrogênio, que ocorre com mais frequência durante a menopausa (Mayo Clinic, 2021).

Segundo o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS, 2018), as mudanças nos níveis de hormônios que ad mulheres passam na menopausa são uma das causas de secura vaginal. Isto porque o desequilíbrio hormonal pode afetar a quantidade de fluido ou corrimento vaginal, diminuindo-a e causando sintomas desconfortáveis, como dor ou coceira.

Dicas para combater a secura vaginal

1. Use hidratantes vaginais

Os hidratantes vaginais podem ajudar a manter sua vagina úmida e tornar as relações sexuais mais confortáveis. Eles estão disponíveis em venda livre e são recomendados à base de água ou silicone, com ingredientes como o dimeticona, que ajudam a restaurar a umidade na área vaginal. Você pode aplicá-los várias vezes por semana para manter os tecidos vaginais saudáveis; seus efeitos duram um pouco mais que um lubrificante vaginal (OASH, 2018; Mayo Clinic, 2021).

2. Aplicar lubrificantes vaginais para reduzir o desconforto durante o ato sexual

Os lubrificantes vaginais podem ser usados como um complemento aos hidratantes antes das relações sexuais. Estes também estão disponíveis em venda livre e são recomendados à base de água ou silicone. Podem ser aplicadas antes e durante o sexo para reduzir a secura vaginal e aliviar a dor e o desconforto (Nall, 2019; Mayo Clinic, 2021).

Escolha aqueles sem glicerina, perfumes, extratos herbais ou corantes artificiais, pois podem causar irritação. Evite usar vaselina e óleo mineral como lubrificantes vaginais, que podem danificar o látex dos preservativos e aumentar o risco de infecções vaginais (Nall, 2019; Mayo Clinic, 2021).

3. Usar sabonetes sem perfume para a higiene íntima

Os sabonetes íntimos neutros para a higiene vaginal ajudarão a manter sua vagina saudável. Use aqueles que são ginecológicos e dermatologicamente testados. Escolha aqueles que não contenham surfactantes, perfumes ou substâncias com sabão, para evitar alterar o pH da vagina e danificar seus tecidos. É melhor se forem feitos com ingredientes naturais como aloe vera, óleo de árvore de chá, óleo de tomilho ou óleo de coco, que fornecem umidade (Sevilla, 2021; Echeverri, 2020).

4. Manter um estilo de vida ativo para combater a secura

Exercitar-se e manter uma vida sexual ativa tem um impacto positivo na qualidade de vida. Isto ajudará você a combater a secura vaginal durante a menopausa, pois seu corpo permanece saudável e pode aumentar a resistência nas relações sexuais (Echeverri, 2020; Clínica Mayo, 2021).

Você pode fazer exercícios para fortalecer seu assoalho pélvico e tonificar sua vagina. Além disso, a excitação sexual aumenta o fluxo sanguíneo na área genital e produz mais lubrificação natural (Echeverri, 2020; Clínica Mayo, 2021).

5. Ter uma dieta saudável que forneça nutrientes essenciais para ajudar a atenuar e reduzir a secura

Manter uma dieta saudável que forneça vitaminas e minerais ajuda a mitigar os sintomas da menopausa. Coma alimentos ricos em vitamina B, como lentilhas, carnes e ovos. Alimentos que fornecem vitamina B3 e A suportam a manutenção normal das mucosas, incluindo a vagina (McDermott, 2019; Menopause Institute, n.d.).

Estes nutrientes são encontrados em carne bovina, ovos, castanhas, produtos lácteos e cereais como o trigo. A vitamina B3 ajuda até mesmo na formação de hormônios sexuais e pode prevenir sintomas como a secura vaginal. Além disso, frutas e vegetais como laranjas, tomates e pimentão contêm vitamina C, um nutriente que ajuda na formação normal do colágeno (McDermott, 2019; Menopause Institute, n.d.).

Além daqueles que fornecem fitoestrogênios, como as isoflavonas, que são substâncias que podem ter alguns efeitos semelhantes aos estrogênios. Estes são encontrados em vegetais como soja e espinafre, e podem ser eficazes para melhorar a secura. Pergunte também ao seu médico se você precisa incluir suplementos desses nutrientes para melhorar os sintomas da menopausa (Medline Plus, 2019; Hill, 2020).

6. Aumentar a ingestão de água

Aumentar o consumo de água ajudará a manter seu corpo hidratado e isto favorece a produção de lubrificante natural. Você precisa beber mais água para hidratar a região vaginal e evitar a secura vaginal. Cerca de 8 a 10 copos podem ajudar a manter a pele úmida e evitar o inchaço causado pelas mudanças hormonais (Laguipo, 2020).

A secura vaginal aparece durante a menopausa devido a uma diminuição na produção de estrogênio. Isto pode afetar sua autoestima e sua sexualidade como casal, além de causar desconforto e dor na área vaginal. Experimente estas dicas para combatê-lo e manter sua vagina úmida. Aplicá-las ajudará você a se sentir melhor e conseguir bem-estar nesta fase.

Referências bibliográficas

Echeverri, D. (2020, 15 de septiembre). Sequedad vaginal: 8 consejos para luchar contra ella. Mejor con Salud. https://mejorconsalud.as.com/sequedad-vaginal-8-consejos-para-luchar-contra-ella/

Hill, A. (2020. 30 de septiembre). 10 hierbas y suplementos para la menopausia. Healthline. https://www.healthline.com/nutrition/menopause-herbs

Instituto de la Menopausia. (s.f.). ¿Qué vitaminas son buenas para la menopausia? https://www.institutodelamenopausia.com/divulgacion/tratamientos/suplementos/que-vitaminas-son-buenas-para-la-menopausia

Instituto Nacional Sobre el Envejecimiento (NIA). (2017, 30 de mayo). El sexo y la menopausia: Tratamiento para los síntomas. https://www.nia.nih.gov/espanol/sexo-menopausia-tratamiento-sintomas

Laguipo, A. (2020, 10 de marzo). ¿Qué debo comer durante la menopausia? News Medical Life Sciences. https://www.news-medical.net/health/What-Should-I-Eat-During-Menopause-(Spanish).aspx

Mayo Clinic. (2021, 17 de septiembre). Atrofia vaginal. https://www.mayoclinic.org/es-es/diseases-conditions/vaginal-atrophy/diagnosis-treatment/drc-20352294

Mayo Clinic. (2021, 29 de julio). Sequedad vaginal después de la menopausia: ¿cómo tratarla? https://www.mayoclinic.org/es-es/diseases-conditions/menopause/expert-answers/vaginal-dryness/faq-20115086

McDermott, A. (2019, el 22 de abril). ¿Pueden las vitaminas ayudar a aliviar los síntomas de la menopausia? Healthline. https://www.healthline.com/health/menopause/vitamins-for-menopause

Medline Plus. (2019, 30 de junio). Resequedad vaginal. https://medlineplus.gov/spanish/ency/article/000892.htm

Medline Plus. (2019, 30 de junio). Tratamientos alternativos para la resequedad vaginal. https://medlineplus.gov/spanish/ency/article/002142.htm

Nall, R. (2019, 10 de septiembre). ¿Qué causa la sequedad vaginal? Healthline. https://www.healthline.com/health/vaginal-dryness#takeaway

Oficina para la Salud de la Mujer (OASH). (2018, 22 de mayo). Síntomas y alivio de la menopausia. https://espanol.womenshealth.gov/menopause/menopause-symptoms-and-relief

Oficina para la Salud de la Mujer (OASH). (2019, 23 de mayo). Tratamiento para la menopausia. https://espanol.womenshealth.gov/menopause/menopause-treatment

Servicio Nacional de Salud en el Reino Unido (NHS). (2018, 15 de noviembre). Sequedad vaginal. https://www.nhs.uk/conditions/vaginal-dryness/

Sevilla, M. (2021, 9 de junio). Consejos para prevenir la sequedad vaginal. Cuídate Plus. https://cuidateplus.marca.com/bienestar/2018/11/12/consejos-prevenir-sequedad-vaginal-168023.html

Achou esse artigo útil?
Compartilhe com seus amigos:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *